Weby shortcut
logo sus 30 anos topo site

Disciplinas De Núcleo Comum

<<Voltar

Índice

Anatomia Humana (1º período)
Antropologia (3º período)
Bioestatística (4º período)
Bioquímica I (1º período)
Bioquímica II (2º período)
Bromatologia (5º período)
Economia (6º período)
Epidemiologia (4º período)
Farmacologia Aplicada à Nutrição (5º período)
Fisiologia Humana (2º período)
Histologia e Embriologia (1º período)
Imunologia Básica (3º período)
Introdução à Genética (2º período)
Metodologia da Pesquisa (2º período)
Microbiologia Geral e de Alimentos (3º período)
Parasitologia Humana (4º período)
Patologia Geral (4º período)
Produção Agrícola (6º período)
Promoção da Saúde I (2º período)
Promoção da Saúde II (3º período)
Psicologia Aplicada à Nutrição (4º período)
Química Geral (1º período)
Química Orgânia Experimental (1º período)
Química Orgânica Teórica
(1º período)
Sociologia (2º período)
Tecnologia de Alimentos (8º período)

 

Anatomia Humana (1º período) 

Ementa:

Introdução ao estudo da Anatomia, generalidades sobre os sistemas: esquelético, articular, muscular, circulatório, digestório, respiratório, nervoso, urinário, endócrino, genital feminino, genital masculino, tegumentar e sensorial aplicada à nutrição.

 

Referências Básicas:

-     D’ANGELO, J. G.; FATTINI, C. A. Anatomia Humana Sistêmica e Segmentar. 3. ed. São Paulo: Atheneu, 2007. 763 p.

-     MACHADO, A. Neuroanatomia Funcional. São Paulo: Atheneu, 1992. 256 p.

-     NETTER, F. H. Atlas de Anatomia Humana. 4. ed. Porto Alegre: Artmed - Elsevier Saunders, 2008. 545 p.

 

Referências Complementares:

-     RAY, H., GROSS, C. M. Anatomia. 29. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1998. 1147 p.

-     SOBOTTA, J.; REINHARDS, P.; REINHARDS, P. Atlas de Anatomia Humana: cabeça, pescoço e extremidade superior. 22 ed. v. 1. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2006. 416 p.

-     SOBOTTA, J.; REINHARDS, P.; REINHARDS, P.. Atlas de Anatomia Humana: tronco, vísceras e extremidade inferior. 22 ed. v. 2. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2006. 424 p.

-     TORTORA, J. G.; GRABOWSKI, R. Corpo Humano - Fundamentos de Anatomia e Fisiologia, 6ª ed. Porto Alegre: Artmed, 2006. 619 p.

-     WOLF-HEIDEGGER, G. Atlas de Anatomia Humana. 6 ed. 2 v.  Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2006. 846 p.

 

 

Antropologia (3º período)

 

Ementa:

Conceito, objeto de estudo e métodos de investigação. A natureza, a cultura e a sociedade. O corpo como construção sócio-cultural. A comida enquanto objeto antropológico. O valor simbólico dos alimentos e respectivos padrões alimentares nas diferentes culturas (africana, indígena, asiática e européia).

 

Referências Básicas:

- LARAIA, R.B. Cultura: um conceito antropológico. Rio de Janeiro: Zahar, 1986 (várias edições).

-     CANESQUI, A. M. & Garcia R. W. D. (orgs.) Antropologia e Nutrição: um diálogo possível. Organizado por Ana Maria Canesqui e Rosa Wanda Diez Garcia. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2005. (Coleção Antropologia e Saúde)

-     MACIEL, M. E.; MENASCHE, R. Alimentação e cultura, identidade e cidadania. O Brasil tem fome de quê? Disponível em: . Acesso em maio de 2006.

 

Referências Complementares:

-     COLLAÇO, Janine H. L. Restaurantes de comida rápida, os fast-foods, em praças de alimentação de shopping centers: transformações no comer. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, v. 33, 2004. Disponível em:http//www.cpdoc.fgv.br/revista/asp/dsp_edicao?cd_edi=51

-     WOORTMANN K. A comida, a família e a construção do gênero feminino. Dados 1986; 29 (1): 103-30.

-     MACIEL, Maria Eunice; TEIXEIRA, Sérgio. Comida. Horizontes Antropológicos, v. 2, n. 4, 1996.

-     MINTZ, Sidney W. Comida e Antropologia: uma breve revisão. RBCS Vol. 16 nº 47 outubro/2001. Disponível em http://www.scielo.br/pdf/rbcsoc/v16n47/7718.pdf

-     VICTORA, C. G. Pesquisa Qualitativa em Saúde: uma introdução ao tema. Porto Alegre: Tomo Editorial, 2000.

 

 

Bioestatística (4º período)

 

Ementa:

Apresentação de dados, caracterização de populações baseada em parâmetros e estatísticas: média, mediana, moda, desvio-padrão, coeficiente de variação. Noções sobre probabilidade: fundamentos de probabilidade, probabilidade condicional, eventos independentes e teorema de Bayes. Risco relativo. Razão de Odds. Variável aleatória discreta e contínua. Distribuições discretas: Bernoulli, Binomial, Poisson. Distribuições contínuas: Normal, t-Student e Qui-quadrado. Noções sobre amostragem. Distribuição amostral da média. Intervalo de confiança para média. Testes de Hipóteses: Conceitos básicos e procedimentos usuais. Teste de qui- quadrado para independência. Medidas de associação. Teste de Shapiro-Wilk para normalidade. Teste F para variância. Testes de hipóteses para as médias de duas populações. Análise de variância com um fator de classificação. Teste de Bonferoni. Diagrama de dispersão. Coeficiente de correlação linear. Regressão linear simples.

 

Referências Básicas:

-     VIEIRA,S. Introdução à bioestatística. 3ª ed. Rio de janeiro: Campus, 1998.

-     ARANGO, H. G. Bioestatística: teórica e computacional. 3ª ed. Rio de janeiro: Guanabara Koogan, 2009.

-     PAGANO,M. Princípios de bioestatística. Tradução da 2ª Edição Norte Americana. São Paulo: Cengage Lerning, 2011.

-     VIEIRA, S. Introdução à bioestatística. 3. ed. Rio de Janeiro: Editora Campus, 1998.

 

Referências Complementares:

-     BEIGUELMAN B. Curso prático de bioestatística. 5. ed. Ribeirão Preto: Fundação de Pesquisas Científicas de Ribeirão Preto, 2002.

-     TRIOLA, M. F. Introdução à Estatística. Rio de Janeiro: LTC, 2008.

-     BUSSAB, O. W; MORETTIN, P. A. Estatística Básica. São Paulo: Saraiva, 2004.

-     BERQUÓ, E. S.; SOUZA, J. M. P.; GOTLIEB, S. L. D. Bioestatística. 2. ed. São Paulo: EPU, 1981.

-     DORIA FILHO, U. Introdução à bioestatística: para simples mortais. 3. ed. São Paulo: Negócio Editora, 1999.

 

 

Bioquímica I (1º período)

 

Ementa:

Biomoléculas:  carboidratos,  lipídios,  proteínas, vitaminas e coenzimas.

 

Referências Básicas:

-     LEHNINGER, A.; NELSON, D. L.; COX, M. M. Princípios de Bioquímica. 4. ed.São Paulo:Editora Sarvier, 2006. 1202 p.

-     MARZZOCO, A; TORRES; B. B. Bioquímica Básica. 3. ed. Rio de Janeiro: Ed. Guanabara Koogan, 2007. 386 p.

-     STRYER, L. Bioquímica. 6. ed. Rio de Janeiro: Ed. Guanabara Koogan, 2007

 

Referências Complementares:

-     BERG, J. M.; TYMOCZKO, J. L.; STRYER, L. Bioquímica. 6. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2007. 1114 p.

-     COULTATE, T. P. Alimentos – a química de seus componentes. 3. ed. Porto Alegre: Artmed Editora. 2004. 368 p.

-     SOLOMONS,T. W. G.; FRYHLE, C. B. Química Orgânica. 9. ed. v. 1. Rio de Janeiro: LTC Livros Técnicos e Científicos Editora. 2009. 708 p.

-     SOLOMONS,T. W. G.; FRYHLE, C. B. Química Orgânica. 9. ed. v. 2. Rio de Janeiro: LTC Livros Técnicos e Científicos Editora. 2009. 518 p.

 

 

 

Bioquímica II (2º período)

 

Ementa:

Metabolismo de carboidratos, lipídeos, proteínas, ácidos nucléicos e processos de regulação metabólica.

 

Referências Básicas:

-     MARZZOCO, A.; TORRES, B. B. Bioquímica Básica. 3. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2007.

-     LEHNINGER, A. L.; NELSON, D. L.; COX, M. M. Princípios de Bioquímica. São Paulo: Editora Sarvier, 2004.

-     L. STRYER. Bioquímica. 6. ed. Rio de Janeiro: Ed. Guanabara Koogan, 2007.

 

Referências Complementares:

-     SOLOMONS, T. W. G.; FRYHLE, C. Química Orgânica. 7. ed. Rio de Janeiro: LTC Livros Técnicos e Científicos Editora, 2001.

-     VOET, D.; VOET, J. G.; PRATT, C. W. Fundamentos de Bioquímica. Porto Alegre: Artmed Editora, 2008.

-     DEVLIN, T. M. Manual de Bioquímica com correlações clínicas. 7. ed . São Paulo: Editora Blucher, 2007.

-     BRODY, T. Nutritional Biochemistry. New York: Academic Press, 1994.

-     HORTON, R. H.; MORAN, L. A.; SCRIMGEOUR K. G.; PERRY, M. D.; RAWN, J. D. Principles of Biochemistry. 4. ed. New York: Pearson Prentice Hall, 2006.

 

 

Bromatologia (5º período)

 

Ementa:

Aspectos gerais da análise de alimentos. Determinação da composição química centesimal dos alimentos. Análise fiscal, controle de qualidade e estudo químico-bromatológico da água e fontes de carboidratos, proteínas e lipídeos e bebidas não alcoólicas. Identificação de alterações e/ou adulterações em alimentos específicos. Gerenciamento de resíduos químicos

 

Referências básicas:

-     MINISTÉRIO DA SAÚDE. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Métodos físico-químicos para análise de alimentos. 4. ed. Brasília: Ministério da Saúde, 2005. 1018 p. Disponível em: <http://www.ial.sp.gov.br/index.php?option=com_ remository&Itemid=0&func=select&orderby=1>. Acesso em: 20 fev. 2009.

-     CECCHI, H. M. Fundamentos teóricos e práticos em análise de alimentos.2. ed. Campinas: Editora Unicamp, 2003. 207p.

-     ANDRADE, E. C. B. Análise de alimentos: uma visão química da nutrição. 2. ed. revisada e ampliada. São Paulo: Varela, 2009. 238p.

 

Referências complementares:

-     BELLÓ, R. M.;  SOUZA, R. B.; TERRA, M. F. Alimentos: métodos físicos e químicos de análise. Porto Alegre: Ed. da Universidade/UFRGS, 2002.180 p.

-     BOBBIO, F. O.; BOBBIO, P. A. Manual de laboratório de química de alimentos. São Paulo: Varela, 1995. 240p.

-     GÜNTER, V. Elementos de bromatología descriptiva. 2. ed. Zaragoza: Acribia, 1999. 644 p. v. 1 e 2.

-     HUI, Y. H.; CULBERTSON, J.D. Handbook of food science, technology, and engineering. Boca Raton: Taylor & Francis, 2006.

- LEE, R. Food Analysis: analytical and quality control methods for the food       manufacturer and buyer. 3.ed. Zaragoza: Editorial Acribia, 2004. 288 p.

 

 

Economia (6º período) 

 

Ementa:

Conceitos e fundamentos da Economia e dos Mercados. Fundamentos da teoria do consumidor e das cadeias produtivas de alimentos. Introdução à Microeconomia: demanda, oferta de bens e serviços, estrutura de mercado. Introdução a Macroeconomia: política fiscal, monetária, cambial e de rendas. Fundamentos do mercado internacional de alimentos. Estudo de casos multidisciplinares: aplicação da Economia em vários campos de atuação do nutricionista.

 

Referências Básicas:

-     VASCONCELOS, M. A. S. Economia: micro e macro: teoria e exercícios. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2001.

-     MOCHON, F. M.; TOSTER, R. L. Introdução à Economia. São Paulo: Makron Books, 2002. 404 p.

-     DUTRA DE OLIVEIRA, J.E.; MARCHINI, J. S..Ciências Nutricionais – Aprendendo a aprender. 2ª ed. Editora Sarvier: São Paulo, 2008. 784 p.

 

Referências Complementares:

-     PINDYCK, R. S.; RUBINFIELD, D. L. Microeconomia. 5. ed. São Paulo: Prentice Hall, 2002.

-     FOOD ORGANIZATION AGRICULTURE.  Indice de La FAO para los precios de los alimentos – http://www.fao.org/worldfoodsituation/wfs-home/foodpriceindex/es - acessado em 16/03/2011.

-     MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR. – Balança Comercial Brasileira. Dados Consolidados – janeiro - junho/2011. 32p.

-     MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR. – Conhecendo o Brasil em Números.– junho/2011.27p.

-     TUPY, O. – Tecnologia e valor econômico agregado à produção de leite – Revista de Política Agrícola. DF: Brasília. Publicação da Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.. Ano XX – nº 1. Jan./Fev./Mar. 2011 pág. 79 a 88.

 

 

Epidemiologia (4º período) 

 

Ementa:

Epidemiologia - Conceitos básicos, importância e utilização. Indicadores de saúde. Medidas de ocorrência e de efeito. Tipos de estudos epidemiológicos. Aplicação do método epidemiológico para diagnóstico em saúde. Testes diagnósticos. Sistemas de informação e vigilância em saúde. Introdução aos processos de transição epidemiológica, demográfica e nutricional.

 

Referências Básicas:

-     BEAGLEHOLE, R.; BONITA, R.; KJELLSTROM, T. Epidemiologia básica. São Paulo: Livraria Santos Editora, 2007.

-     PEREIRA, M. G. Epidemiologia: teoria e prática. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2008.

-     ROUQUAYROL, M. Z.; FILHO, N. A. Epidemiologia e saúde. 6. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2003. 

 

 

Referências Complementares

-     MONTEIRO, C. A. Velhos e novos males da saúde no Brasil: a evolução do país e suas doenças. 2. ed. São Paulo: Hucitec NUPENS/USP, 2000.  

-     MEDRONHO, R. A; CARVALHO, D. M.; ARAÚJO, A. J. G. Epidemiologia. São Paulo: Atheneu, 2006. 

-     SILVEIRA, E. A.; RASSI-NETO, E. Especialização em Epidemiologia. Goiânia: FUNAPE/CIAR; UFG-IPTSP, 2009. 

-     VIEIRA, S. Introdução à Bioestatística. 5. ed. revista e ampliada. Rio de Janeiro: Campus, 1998.

-     KAC, G.; SICHIERI, R.; GIGANTE, D. P. Epidemiologia nutricional. Rio de Janeiro: Fiocruz; São Paulo: Atheneu, 2007.

 

 

Farmacologia Aplicada à Nutrição (5º período)

 

Ementa:

Introdução à farmacologia. Farmacocinética: absorção, distribuição, metabolismo e excreção de fármacos. Farmacodinâmica: mecanismo de ação de fármacos. Relação estrutura/atividade. Interações medicamentosas: fármacos e nutrientes. Fatores que modificam a ação de fármacos. Fármacos que modificam a atividade do sistema nervoso central e cardiovascular. Fármacos que afetam o metabolismo endócrino e interferem na prescrição da dieta.

 

Referências Básicas:

-     GOODMAN, L. S.; GILMAN, A; BRUNTON, L. L. As Bases Farmacológicas da Terapêutica. 11. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2007.

-     SILVA, P. Farmacologia. 7. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2006.

-     REIS, N. T. R. Nutrição Clínica: interações (fármaco-fármaco; fármaco-nutriente; nutriente-nutriente; fitoterápico-fármaco). 1. ed. Rio de Janeiro: Editora Rubio, 2003.

 

Referências Complementares:

-     EVANGELISTA, J. Alimentos: um estudo abrangente. São Paulo: Ateneu, 1994.

-     FONSECA, A. Interações Medicamentosas. 4. ed. Rio de Janeiro: EPUB, 2008.

-     KATZUNG, B. G. Farmacologia Básica & Clínica. 10. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2008.

-     REIS, N. T. Nutrição Clínica. Rio de Janeiro: Rubio, 2004.

-     VALLE, L. B. S.; OLIVEIRA-FILHO, R. M.; DELUCIA, R.; OGA, S. Farmacologia Integrada. São Paulo: Ateneu, 1991.

 

 

Fisiologia Humana (2º período) 

 

Ementa:

Mecanismos homeostásicos envolvidos na função dos sistemas nervoso, endócrino, reprodutor, digestório, cardiovascular, renal, respiratório, muscular e a interação entre eles.

 

Referências Básicas:

-     COSTANZO, L. Fisiologia. 3. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004. 492 p.

-     GUYTON, A. C.; HALL, J. E. Tratado de Fisiologia Médica. 11. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2006. 1264 p.

-     RHOADES, R. A.; TANNER, G. A. Fisiologia Médica. 2. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2005. 741 p.

-      

 

Referências Complementares:

-     CUKIER, C.; MAGNONI, D.; ALVAREZ, T. Nutrição baseada na Fisiologia dos órgãos e sistemas. São Paulo: Sarvier, 2005. 332 p.

-     DOUGLAS, C. R. Fisiologia Aplicada à Nutrição. 2. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2006. 1074 p.

-     GANONG, W. F.  Fisiologia Médica. 17. ed. Rio de Janeiro: Prentice - Hall do Brasil, 1998. 578p.

-     JOHNSON, L. R. Fundamentos de Fisiologia Médica. 2. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2000. 725 p.

-     WINMAIER, E. P.; RAFF, H.; STRANG, K. T. VANDER, SHERMAN & LUCIANO -  Fisiologia Humana: Os Mecanismos das Funções Corporais. 9. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan. 2006. 795 p.

 

 

Histologia e Embriologia (1º período) 

 

Ementa:

Técnicas histológicas - método de estudo. Tecidos gerais. Histologia dos órgãos e sistemas. Embriologia geral.

 

Referências Básicas:

-     JUNQUEIRA, L. C.; CARNEIRO, J. Histologia Básica: Texto e Atlas. 9. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1999. 427p.

-     GARTNER, L. P.; HIATT, J. L. Atlas Colorido de Histologia. 3. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2002. 413 p.

-     PERSAUD, K. M. Embriologia Básica. 4. ed. São Paulo: Elsevier, 1995. 291 p.

 

Referências Complementares:

-     GARTNER, L. P.; HIATT, J. L. Tratado de Histologia. 2. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2003. 456 p.

-     ROSS, M. H.; PAWLINA, W. Histologia Texto e Atlas. 5 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2008. 908 p.

-     SOBOTTA, J.; WELSH, U. Atlas de Histologia, Citologia e Anatomia Microscópica. 6. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2003. 266 p.

-     SADLER, T. W. Langman Embriologia Médica. 11. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2010. 324p.

 

 

Imunologia Básica (3º período) 

 

Ementa:

Imunidade inata e adaptativa: características e funções das células e moléculas que compõem o sistema imune. Indução, ativação e mecanismos efetores da resposta imune humoral e celular. Regulação da resposta imune. Imunidade às infecções. Reações de hipersensibilidade. Seminários Integradores.

 

Referências Básicas:

-     CALICH, V.; VAZ, C. Imunologia. 2. ed. São Paulo: Editora Revinter, 2008.

-     ABUL K. A.; ANDREW H. L. Imunologia Molecular e Celular.  6. ed. São Paulo: Editora Elsevier, 2008.

-     JANEWAY, C. A.; TRAVERS, P. Imunobiologia. 6. ed. Porto Alegre: Editora Artes Médicas, 2007.

 

Referências Complementares:

-     ROITT, I. M.; DELVES, P. J. Fundamentos de Imunologia. 11. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2006. 489 p.

 

 

Introdução à Genética (2º período)

 

Ementa:

Princípios da Genética Mendeliana; herança monogênica e princípios da distribuição independente; interações alélicas e não alélicas; ciclo celular, mitose e meiose; determinação do sexo e herança ligada ao sexo; herança extranuclear: genomas de mitocôndrias e cloroplastos; ligação gênica: recombinação e mapeamento cromossômico; natureza e estrutura do gene; expressão gênica e sua regulação; estudo das mutações gênicas e cromossômicas; biotecnologia; constituição genética das populações; equilíbrio de Hardy-Weinberg; fatores que alteram as freqüências alélicas; herança quantitativa e herdabilidade e heterose.

 

Referências Básicas:

-     GRIFFITHS, A. J.; MILLER, J. H.; SUZUKI, D. T.; LEWONTIN, R. C.; GELBART, W. M. Introdução à Genética. 8. ed. Rio de Janeiro. Guanabara Koogan, 2006, 794p.

-     NUSSBAUM, R.L.; McINNES, R.R.; WILLARD, H.F.Genética Médica. Rio de Janeiro: Editora Elsevier, 2008.

-     PIERCE, B. A. Genética: um enfoque conceitual. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2003.

 

 

Referências Complementares:

-     WATSON, J. D. DNA - O Segredo da Vida. 1. ed.São Paulo: Companhia das Letras, 2005. 358p.

-     SNUSTAD, D. P.; SIMMONS, M. J. Fundamentos de Genética. Rio de Janeiro:Ed. Guanabara Koogan, 2001. 756p.

-     RAMALHO, M.; SANTOS, J. B.; PINTO, C. B. Genética na Agropecuária. 2.ed. Lavras: Editora da Universidade Federal de Lavras (UFLA), 2000. 472p.

-     BROWN, T. A. Genética, um enfoque molecular. Rio de Janeiro: Ed. Guanabara Koogan, 1999. 336 p.

-     GARDNER, E.; SNUSTAD, D. P. Genética. Rio de Janeiro: Editora Guanabara Koogan, 1986. 497 p.

 

 

Metodologia da Pesquisa (2º período) 

 

Ementa:

Introdução à ciência moderna e aos princípios do método científico. Investigação científica em saúde e nutrição: conceitos, características gerais, etapas, tipos. Fontes de informação científica em nutrição e pesquisa bibliográfica. Projeto de pesquisa: fases, estrutura básica, conteúdo, citações e referências, formatação e aspectos éticos. Relatórios de pesquisa: tipos, estrutura, conteúdo, formatação.

 

Referências Básicas:

-     ESTRELA, C. Metodologia Científica. 2. ed. São Paulo: Artes Médicas, 2005. 808 p.

-     SEVERINO, A. J. Metodologia do Trabalho Científico. 22. ed. São Paulo: Cortez, 2004.

-     VIEIRA, S.; HOSSNE, W. S. Metodologia Científica para a Área da Saúde. 4. reimpressão. Rio de Janeiro: Campos/Elsevier, 2003. 192 p.

 

Referências Complementares:

-     ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS (ABNT). NBR 14724: informação e documentação - trabalhos acadêmicos - apresentação. Rio de Janeiro, 2005. 9 p.

-     ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS (ABNT). NBR 6023: informação e documentação - referências - elaboração. Rio de Janeiro, 2002. 24 p.

-     MENDONÇA, L. M. N.; ROCHA, C. R. R.; GOMES, S. H. A. Guia para apresentação de trabalhos acadêmicos na UFG. Goiânia: Universidade Federal de Goiás, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, 2005. 48 p.

-     NAVES, M. M. V. Normas gerais para apresentação de trabalhos acadêmicos na Faculdade de Nutrição da UFG. Goiânia: Faculdade de Nutrição da UFG, 2010. 14 p.

-     NAVES, M. M. V. Introdução à pesquisa e informação científica aplicada à nutrição. Revista de Nutrição, Campinas, v.11, n.1, p.15-36, 1998.

 

 

Microbiologia Geral e de Alimentos (3º período) 

Ementa:

Introdução ao estudo dos microrganismos. Métodos físicos e químicos de esterilização e desinfecção. Antimicrobianos. Estudo dos gêneros bacterianos de interesse em microbiologia dos alimentos e água. Estudo dos bolores, leveduras e vírus de interesse em alimentos e água.

 

Referências Básicas:

-     TRABULSI, L. R.; ALTERTHUM, F. Microbiologia. 5. ed. São Paulo: Ed. Atheneu, 2008. 780p.

-     PELCZAR, M. J.; CHAN, E. C. S.; KRIEG, N. R. Microbiologia. Conceitos e Aplicações. 2. ed. São Paulo: Ed. Makron Books, 1997. 2 v.

-     FRANCO, B. D. G. M.; LANDGRAF, M. Microbiologia dos Alimentos. São Paulo: Editora Atheneu, 1999. 182p.

 

Referências Complementares:

-     TORTORA, G. J.; FUNKE, B. R.; CASE C. L. Microbiologia. 8. ed. Porto Alegre: Editora Artmed, 2005. 894p.

-     SILVA, J. R. E. A. Manual de controle higiênico-sanitário em alimentos. 6. ed. São Paulo: Ed. Varela, 2008. 623p.

-     DOWNES, F. P.; ITO, K. Compendium of Methods for the Microbiological Examination of Foods. 4. ed., Washington: APHA, 2001. 676p.

-     SILVA, N.; NETO, R. C.; JUNQUEIRA, V. C. A.; SILVEIRA, N. F. A. Manual de Métodos de Análise Microbiológica de Água. São Paulo: Livraria Varela, 2005. 165p.

 

 

Parasitologia Humana (4º período) 

 

Ementa:

Identificação e estudo da biomorfologia de  artrópodes, helmintos e  protozoários de importância  médica. Importância das doenças parasitárias no contexto sócioeconômico e aspectos básicos para  diagnóstico e prevenção das mesmas.  

 

Referências Básicas:

-     REY, L. Parasitologia. 4. ed. Rio de Janeiro: Editora Guanabara Koogan, 2008.

-     DAVID, P. N. Parasitologia humana. 9. ed. São Paulo: Atheneu, 2005.

-     CINERMANN, B. Parasitologia humana e seus fundamentos gerais. 2. ed. São Paulo: Editora Atheneu, 2001.

 

Referências Complementares:

-     FERREIRA, A. W.; ÁVILA, S. L. M. Diagnóstico laboratorial. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1996.

-     MEHLHORN,  H. Parasitology in focus - Factos and trends. Berlin: Springer Verlag, 1988.

-     BATISTA, R. S. Procedimentos laboratoriais em parasitologia médica. 2. ed. São Paulo: Livraria Santos. 1999.

-     BATISTA, R. S. Medicina tropical: abordagem atual das doenças infecciosas e parasitárias. Rio de Janeiro: Cultura médica, 2001.

 

Patologia Geral (4º período)

 

Ementa:

Causas, mecanismos, bases estruturais (macroscópicas e microscópicas) e moleculares dos processos patológicos gerais. Evolução e consequência dos processos patológicos sobre os tecidos, órgãos, sistemas e organismo.

 

Referências Básicas:

-     BRASILEIRO-FILHO, G. Bogliolo - Patologia Geral. 3. ed. Rio de Janeiro Guanabara Koogan, 2004.

-     COTRAN, R. S.; KUMAR, V.; ROBBINS, S. L. Robbins: Patologia estrutural e Funcional. 6. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2000.

-     MONTENEGRO, M. R.; FRANCO M. Patologia: Processos Gerais. 3. ed. São Paulo: Livraria Atheneu Editora, 1992.

 

Referências Complementares:

-     BRASILEIRO-FILHO, G. Bogliolo - Patologia. 7. ed. Rio de Janeiro: Editora Guanabara Koogan, 2009.

-     BRASILEIRO-FILHO, G. Bogliolo - Patologia. 4. ed. Rio de Janeiro: Editora Guanabara Koogan S.A, 2006.

-     CAMARGO, J. L. V.; DEILSON, E. O. Patologia geral: abordagem multidisciplinar. Rio de Janeiro: Editora Guanabara Koogan, 2006.

-     KUMAR, V.; ABBAS, A. K.; FAUSTO, N.; ROBBINS, S. L.; COTRAM, R. S.Bases Patológicas das Doenças. 7. ed. Rio de Janeiro: Editora Guanabara Koogan, 2005.

-     RUBIN, E.; FARBER, J. L. Patologia. 4. ed. Rio de Janeiro: Editora Guanabara Koogan, 2006.

 

 

Produção Agrícola (6º período)

 

Ementa:

Agricultura: Conceitos, Histórico e Divisões. Agronegócio. Noções gerais sobre: origem, dispersão, botânica, fisiologia da produção; condições edafo-climáticas; propagação; implantação; nutrição mineral; manejo e tratos culturais. Problemas fitossanitários: pragas, doenças, plantas daninhas e uso de agrotóxicos. Colheita e comercialização das principais espécies agrícolas utilizadas na alimentação. Sistemas de produção agrícola ( convencional, agroecológico, orgânico, familiar, empresarial, hidropônico): conceitos e importância econômica e social. Produção de grãos. Produção de frutas e hortaliças mais utilizados na alimentação no Centro Oeste brasileiro.

 

Referências Básicas:

-     DIAS, J. D. O.; CARNEIRO, H. Agricultura geral. Rio de Janeiro: Ministério da Agricultura, 1957. 300 p. (Série Didática n.13).

-     FILGUEIRA, F. A. R. Novo manual de olericultura: agrotecnologia moderna na produção e comercialização de hortaliças. 2 ed. Viçosa: UFV, 2003. 412 p.

-     SIMÃO, S. Tratado de fruticultura. Piracicaba: FEALQ, 1998. 760 p.

 

 

Referências Complementares:

-     CHITATTA, M. I. F. Pós-colheita de frutas e hortaliças: fisiologia e manuseio. 2. ed. Lavras: UFLA, 2005. 785 p.

-     LIMA, L. C. B. Hortifrutigranjeiros: guia completo. Porto Alegre: Editora Sagra Luzzatto, 2000. 288 p.

-     LORENZI, H.; BAXHER, L. B.; LACERDA, M. T. C.; SARTORI, S. F. Frutas brasileiras e exóticas cultivadas. São Paulo: Instituto Plantarum de Estudos da Flora, 2006. 640 p.

-     SILVA, D. B.; SILVA, J. A.; JUNQUEIRA, N. T. V.; ANDRADE, L. R. M. Frutas do Cerrado. Brasília, DF: Embrapa, 2001. v. 1. 178 p.

-     TUDGE, C. Os alimentos do futuro. São Paulo: Publifolha, 2002. 72 p. (Série Mais Ciência)

 

 

Promoção da Saúde I (2º período) 

 

Ementa:

Conceitos de saúde e promoção da saúde: aspectos conceituais, históricos e metodológicos. Abordagens e campos de atuação em promoção da saúde. Educação popular. Reflexões bioéticas sobre saúde e cidadania.

 

Referências Básicas:

-     BRASIL. Política Nacional de Promoção da saúde. Brasília: Ministério da Saúde, 2006. http://portal.saude.gov.br/portal/arquivos/pdf/portaria687_2006_ane xo1.pdf.

-     BRANDÃO, C. R. O que é educação popular (Coleção Primeiros Passos). 14. ed. São Paulo: Brasiliense, 2006. 110 p.

-     CZERESNIA, D. O.; FREITAS, C. M.  Promoção da Saúde: conceitos, reflexões, tendências. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2003.

 

Referências Complementares:

-     MINISTÉRIO DA SAÚDE. Declarações e Cartas da Promoção da Saúde. Disponível em: http://portal.saude.gov.br/portal/arquivos/pdf/declaracoesecarta_ portugues.pdf. Acesso em: jan 2010.

-     ABRASCO. Marcos conceituais para a construção da política nacional de promoção da saúde no Brasil. Disponível em: http://www.abrasco.org.br/GTs/ GT%20Promocao/Reuniao%20Pro%20GT%20PS%20DLIS%20Sao%20Paulo/Anexo%202%20-%20Politica%20Nacional%20de%20Promocao%20da%20Saude. pdf. Acesso em: jan de 2010.

-     CASTRO, A.; MALO, M. SUS: ressignificando a promoção da saúde. São Paulo: HUCITEC, 2006. 222 p.

-     FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. 47. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2008. 213 p.

-     CAMPOS, G. W. S.; MINAYO, M. C. S.; AKERMAN, M.; DRUMOND-JÚNIOR M.; CARVALHO, Y. M. Tratado de saúde coletiva. São Paulo: Hucitec; Rio de Janeiro: Ed Fiocruz, 2006. 868 p.

 

 

 

Promoção da Saúde II (3º período)

 

Ementa:

A saúde e seus determinantes sociais. Diagnóstico participativo na comunidade. Elaboração, execução e avaliação de ações em promoção da saúde. Comunicação em promoção da saúde.  Comunidade e questões éticas. Valorização da identidade histórica, cultural dos afro-brasileiros e indígenas.

 

Referências Básicas:

-     BRASIL. Política Nacional de Promoção da saúde. Brasília: Ministério da Saúde, 2006. http://portal.saude.gov.br/portal/arquivos/pdf/portaria687_2006_ane xo1.pdf.

-     CZERESNIA, D. O.; FREITAS, C. M.  Promoção da Saúde: conceitos, reflexões, tendências. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2003.

-     SENAC. Boletim técnico. A Revista da Educação Profissional. Rio de Janeiro, v. 35, n. 2, 2009.

 

Referências Complementares:

-     CASTRO, A.; MALO, M. SUS: ressignificando a promoção da saúde. São Paulo: HUCITEC, 2006. 222 p.

-     CNDSS. Relatório Final da Comissão Nacional sobre Determinantes Sociais da Saúde. Rio de Janeiro: Fiocruz, 2008. Disponível em: <http://www.cndss.fio cruz.br>

-     MINISTÉRIO DA SAÚDE. Declarações e Cartas da Promoção da Saúde. Disponível em: <http://portal.saude.gov.br/portal/arquivos/pdf/declaracoesecarta_ portugues.pdf.>

-     ORGANIZAÇÃO PAN-AMERICANA DA SAÚDE; ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE. Participação social e empoderamento. Metodologias para a promoção da saúde. 2008.

-     ORGANIZAÇÃO PAN-AMERICANA DA SAÚDE. La evaluación participativa de municípios y comunidades saludables: recursos práticos para La acción. Disponível em: <http://www.bvsde.ops-oms.org/bvsdemu/fulltext/guiaeval/guiaeval .html>.

 

 

Psicologia Aplicada à Nutrição (4º período)

 

Ementa:

Introdução ao estudo da Psicologia: fundamentos históricos e epistemológicos. A multideterminação humana. Estudo introdutório do psiquismo humano a partir de uma abordagem psicodinâmica. Aspectos psicológicos dos transtornos alimentares. Mudanças comportamentais; mudanças de hábitos alimentares: prevenção e enfoques terapêuticos. Aspectos psicológicos do processo saúde/doença e relações interpessoais.

 

Referências Básicas:

-     BOCK, A. M. B.; FURTADO, O.; TEIXEIRA, M. L. Psicologias: uma introdução ao estudo de Psicologia. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2000.

-     HERSCOVICI, C. R.; BAY, L. Anorexia Nervosa e Bulimia: ameaças à autonomia. Porto Alegre: Artes Médicas, 1998.

-     NUNES, M. A. A. Transtornos Alimentares e Obesidade. Porto Alegre: Artmed, 1998.

 

Referências Complementares:

-     BUCKROYD, J. Anorexia e bulimia. São Paulo: Ágora, 2000.

-     D’ANDREA, F. F. Desenvolvimento da Personalidade. São Paulo: Difel, 1984.

-     MELO FILHO, J. Psicossomática hoje. Porto Alegre: Artes Médicas, 1992.

-     SOUSA, P. R. Os sentidos do sintoma: Psicanálise e Gastroenterologia. Campinas: Papirus, 1992.

-     FREUD, S. Cinco Lições de Psicanálise./ O sentido dos sintomas./ O caminho da formação dos sintomas. In:______. Obras Completas. Rio de Janeiro: Imago, 1976.

 

 

Química Geral (1º período) 

 

Ementa:

Estrutura atômica, Ligações químicas, Termodinâmica química, Soluções e equilíbrio químico.

 

Referências Básicas:

-     ATKINS, P.; JONES, L. Princípios de química – questionando a vida moderna e o meio ambiente. Porto Alegre: Artmed, 1999. 914 p.

-     KOTZ, J. C.; TREICHEL JR., P. Química e reações químicas. 4. ed. Rio de Janeiro: LTC Editora, 2002. v. 1. 696 p.

-     KOTZ, J. C.; TREICHEL JR., P. Química e reações químicas. 4. ed. Rio de Janeiro: LTC Editora, 2002. v. 2. 476 p.

 

Referências Complementares:

-     RUSSEL, J. B. Química Geral. 2. ed., São Paulo: Makron Books. 1994. v. 1. 662 p.

-     RUSSEL, J. B. Química Geral. 2. ed., São Paulo: Makron Books, 1994. v. 2. 628 p.

-     MAHAN, B. M.; MYERS, R. J. Química um curso universitário. 4. ed. São Paulo: Editora Edgard Blucher, 2000. 604 p.

-     BERAN, J. A.; Chemistry in the laboratory: a study of chemical and physical changes. 2. ed. New York: John Wiley & Sons, 1996.

-     ATKINS, P.; JONES, L. Chemistry: molecules, matter, and change. 3a ed. New York: W.H. Freeman and Company, 1997.

 

 

Química Orgânica Experimental (1º período) 

 

Ementa:

Operações fundamentais em laboratórios de química orgânica. Propriedades físicas das substâncias orgânicas. Isolamento e purificação de amostras orgânicas. Análise de grupos funcionais de substâncias orgânicas.

 

Referências Básicas:

-     SOARES, B. G.; SOUZA, N. A.; PIRES, D. X. Química Orgânica: Teoria e técnicas de preparação, purificação e identificação de compostos orgânicos. Rio de Janeiro: Editora Guanabara, 1988.

-     ZUBRICK, J. W. Manual de sobrevivência no laboratório de química orgânica. 6. ed. Rio de Janeiro: LTC, 2005.

-     MARQUES, J. A.; BORGES, C. P. F. Práticas de Química Orgânica. Campinas: Editora Átomo, 2007.

 

Referências Complementares:

-     LIDE, D. R. CRC – Handbook of Physics and Chemistry. 9. ed. Estados Unidos: CRC Press, 2011. 2592 p.

-     NUIR, G. D. Hazards in the Chemical Laboratory. 3. ed. London: The Royal Chemical Society, 1988.

-     PAVIA, D. L; LAMPMAN, G. M.; KRIZ, G. S.; ENGEL, R. G. Química Orgânica Experimental: técnicas de pequena escala. 2. ed. Porto Alegre: Bookman, 2009.

 

 

Química Orgânica Teórica (1º período) 

 

Ementa:

Estrutura de moléculas orgânicas: ressonância, polaridade, interações intermoleculares. Funções orgânicas, análise conformacional, estereoquímica, acidez e basicidade em química orgânica.

 

Referências Básicas:

-     VOLHARDT, K. P. C.; SCHORE, N. E. Química Orgânica - Estrutura e Função. 4.ed. Porto Alegre: Editora Bookman, 2004.

-     SOLOMONS, T. W. G.; FRYHLE, C. B. Química Orgânica. 9. ed. v. 1 e 2. Rio de Janeiro: Editora LTC, 2009.

-     BRUICE, P. Y. Química Orgânica. 4. ed. v. 1 e 2. São Paulo: Editora Pearson Education, 2006.

 

 

Referências Complementares:

-     MCMURRY, J. Química Orgânica. 6. ed. v. 1 e 2. São Paulo: Thomson, 2005.

-     ARAÚJO, J. M. A. Química de Alimentos - teoria e prática. 3. ed. Viçosa: Imprensa Universitária, Universidade Federal de Viçosa, 2004.

-     RIBEIRO, E. P.; SERAVALLI, E. A. G. Química de alimentos. São Paulo: Blucher, 2004.

 

 

Sociologia (2º período) 

 

Ementa:

A construção social da realidade: estratificação social e categorias sociais de diferenciação (classe, gênero, raça/etnia, geração, sexualidade, localização geográfica) e a produção de desigualdades; noções sobre vulnerabilidade, pobreza e exclusão social; visões sociológicas clássicas e contemporâneas sobre as práticas alimentares.

 

 

 

Referências Básicas:

-     CASTRO, JOSUÉ. Geografia da fome (O dilema brasileiro: pão ou aço). 9. ed. São Paulo: Brasiliense, 1965.

-     ELIAS, NOBERT. O processo civilizador: uma história dos costumes. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1994. p. 95-135. v. 1.

-     SIMMEL, GEORG. Sociologia da refeição. Estudos históricos, Rio de Janeiro, n. 33, 2004. Disponível em: <http//www.cpdoc.fgv.br/revista/asp/dsp_edicao?cd_ edi=51>.

 

Referências Complementares:

-     COLLAÇO, J. H. L. Restaurantes de comida rápida, os fast-foods, em praças de alimentação de shopping centers: transformações no comer.  Estudos Históricos, Rio de Janeiro, v. 33, 2004. Disponível em:http//www.cpdoc.fgv.br/ revista/asp/dsp_edicao?cd_edi=51

-     FERREIRA, V. A.; MAGALHAES, R. Obesidade e pobreza: o aparente paradoxo. Um estudo com mulheres da Favela da Rocinha, Rio de Janeiro, Brasil.Cad. Saúde Pública, v. 21, n. 6, p. 1792-1800, 2005.

-     GARCIA, R. W. D. Representações sociais da alimentação e saúde e suas repercussões no comportamento alimentar.Physis, v. 7, n. 2, p. 51-68, 1997.

-     LE BRETON, D. Sociologia do Corpo. 2. ed. Petropólis: Vozes, 2007.

-     OLIVEIRA, S. P.; THEBAUD-MONY, A. Estudo do consumo alimentar: em busca de uma abordagem multidisciplinar.Rev. Saúde Pública, v. 31, n. 2, p. 201-208, 1997.

 

 

Tecnologia de Alimentos (8º período)

 

Ementa:

Alterações de alimentos. Princípios e métodos gerais de conservação. Conservação pelo calor, frio, controle de umidade, aditivos, radiações e métodos combinados. Embalagens. Processamento de produtos de origem animal e vegetal. Aplicação de métodos de conservação de alimentos sustentáveis

 

Referências Básicas:

-     GAVA, A. J. Tecnologia de Alimentos: Principios e aplicações. São Paulo: Ed. Nobel, 2009.

-     ORDONEZ, J. A. Tecnologia de Alimentos: componentes dos alimentos e processos. Porto Alegre: Artmed, 2005. 294 p. v. 1.

-     ORDONEZ, J.A. Tecnologia de Alimentos: alimentos de origem animal. Porto Alegre: Artmed, 2005. 294 p. v. 2

 

Referências Complementares:

-     EVANGELISTA, J. Tecnologia de Alimentos. 2 ed. São Paulo: Atheneu. 2001. 652 p.

-     D'ARCE, M. A. B. R.; SPOTO, M. H. F.; OETTERER, M. Fundamentos de Ciencia e Tecnologia de alimentos. São Paulo: Manole, 2006. 612 p.

-     MORETTO, E.; FETT, R. Tecnologia de óleos e gorduras vegetais na industria de alimentos. São Paulo: Varela. 1998. 150p.

-     PARDI, M. C. Ciência, Higiene e tecnologia de Alimentos. 2 ed. Goiânia: UFG. 2001. v. 2.

-     TRONCO, V. M. Manual para inspeção da qualidade do leite. 3 ed. Santa Maria: UFSM, 2008.